Dos Fragmentos Meus...










lindo de doer
igual paisagem
que de tão linda dói
igual música
que toca a alma
ou tudo de lindo
que você fala
que dói no peito
quando chega no ouvido


06/02/2015





O amor e a arte são as únicas coisas que nos humanizam. Começamos a deixar de ser homens das cavernas quando começamos a usá-las para desenhar... E neste ato de retratar o mundo, início de nossa arte, já estava implícito o amor.
Nossa involução espiritual e social se deve ao afastamento do amor e da arte da vida do ser humano. Enquanto não nos reaproximarmos de ambos não deixaremos de seguir procriando "neanderthales contemporâneos".


27/01/2015






Eu tenho tentado entender que eu sou meu próprio guia, que a verdade não pode ser encontrada em nenhum lugar a não ser dentro de mim mesma. Mas, nesse caminhar, tem sido quase impossível despertar sem ajuda. Não tenho feito das ajudas muletas, nem grades ou correntes. Mas é no conviver com essas 'ajudas' que o meu despertar tem sido feito. E esse tipo de descoberta é só algo mais para relembrar nossa vital interligação, que nos faz maravilhosamente dependentes um do outro. Uma dependência tranquila, consciente, de quem aprendeu a viver junto porque antes aprendeu a viver só.

11/01/2015






... 11º - Amarás ao teu Planeta como a tua grife preferida (já que amor-próprio está difícil);
12º - Não praticarás o consumismo desenfreado;
13º - Não cairás nos golpes das promoções de objetos que tu não necessitas;
14º - Reutilizarás ou reciclarás para reduzir o volume do lixo que tu produzes;
15º - Te conscientizarás todos os dias de que tua felicidade não tem absolutamente nada a ver com tua capacidade de consumo;
16º - Economizarás água e energia elétrica (atenta-te para o facto de que uma está bem ligada a outra);
17º - Adquirirás informações e conhecimento o bastante para não te deixares enganar pelo sistema que todos os dias te corrompe (deixando-te inclusive cada dia mais intolerante, preconceituoso, alienado e fundamentalista)...

Enfim, passando da hora de dar uma 'repaginada' nos mandamentos...

30/11/2014






Só é possível amar sem medo.

03/07/2014





Seguimos vivendo como se a fuga fosse a melhor solução.
Procrastinamos até a nossa felicidade.

02/07/2014





Em se tratando de ser um profissional da saúde, eticamente, é possível amenizar a imperfeição (falta de saúde) e ainda garantir o gozo (existência) para gerar alegria e felicidade (realização pessoal). Pois, sem Ética, podemos fazer justo o contrário: aumentar a imperfeição e, com isso, intensificar e, no entanto, diminuir o tempo de gozo, e desse modo dificultar a alegria e a felicidade.
A manutenção da saúde (o amenizar da imperfeição) é fundamental para garantir a qualidade da nossa existência (gozo) para que, em toda a nossa complexidade, possamos nos realizar como seres humanos (obter alegria, felicidade).

Se somos um único organismo vivo, no qual cada parte depende exclusivamente da outra para alcançar felicidade plena, até que ponto vale a pena ampliar a imperfeição em troca de pequenos segundos de gozo para comercializar a felicidade?

28/07/2014





A humanidade está assim desorientada, traumatizada, complexada, assolada de psicoses porque o amor falhou ali, justo na base, na raiz. Porque o amor deixou de vir justamente de onde mais precisaríamos que ele viesse.
19/06/2014






Teria sido a carência e não a correspondência amorosa quem criou o Cupido?

29/05/2014







As pessoas não são o que pensamos.
Às vezes as pessoas não são nem sequer aquilo que pensam que são.
O que nos faz seguir acreditando nelas é o facto de sermos da mesma espécie.
Isso nos dá esperança de sermos confiáveis.

18/04/2014






Há séculos temos sido sobreviventes de um nem sempre novo, mas repaginado holocausto.

21/04/2014






- Você passa muito tempo só...
- Não, eu passo muito tempo comigo.
- E fala sozinha também...
- Pois sim... Me dou muito bem comigo mesma.

18/04/2014





Se tudo que você consegue ser é o que você tem, e se tudo que você tem pode se perder, o que você é então?

30/03/2014





Marketing em demasia pode causar efeito contrário... E isso se aplica a tanta coisa...

23/12/2013







E os donos do poder já não nos levam mais em navios de um canto a outro do Planeta.
Há muito já é possível nos escravizar (das mais variadas formas) em nossa própria terra.
E já somos tantos os escravos que já nem mais somos comercializados. Já não nos compram. Nós mesmos nos doamos.
Produzimos e consumimos o produto de nossa própria escravidão.
Como derrubar um regime escravocrata, cujos escravos nem sequer tem ciência de sua escrava condição e até defendem e muitas vezes sonham ocupar o lugar de seus feitores.
Não me fale em liberdade, quando o homem ainda nem consegue pensar por si próprio.


13/10/2013





Imediatismo frívolo e efêmero, teu nome é Homo Sapiens Sapiens (será que ele de facto sabe que sabe???).

18/09/2013






Ao invés de curarmos as absurdas mazelas da humanidade, buscamos ganhar dinheiro com elas.

17/09/2013





Uma pessoa não é aquilo que ela foi durante a última conversa que tivemos com ela.
Uma pessoa é tudo aquilo que ela tem sido durante todo o tempo que nos relacionamos com ela. E isso é mais profundo do que podemos imaginar... E isso envolve suas mudanças e suas não mudanças, suas atitudes tomadas ou a falta delas, sejam positivas ou não, envolve suas promessas cumpridas ou o não cumprimento delas, envolve suas presenças totalmente vazias delas ou suas ausências completamente cheias delas.
 Pessoas são o todo que elas, mesmo sem querer, nos demonstram ser no grande intervalo de suas existências. E não o que elas muitas vezes demonstram querer ser ou não querer ser em apenas um pequeno intervalo de tempo.

16/09/2013







Gente que é um treinamento exacerbado da minha capacidade de ser tolerante com a diversidade de ideias, de filosofias, de atitudes, de opiniões... Isso me faz lembrar que por pior que seja uma determinada situação, há sempre que se agradecer pela existência dela... Muitas vezes, só muito mais tarde vamos nos dar conta do quanto ela foi útil para nossa evolução.

10/09/2013








Eu e meu sonho cego (o de me entregar de corpo e alma a um amor que se entregue de corpo e alma a mim) que me faz renascer das cinzas todos os dias... E o renascimento nem sempre compensa a dor de chegar às cinzas.
Mas eu sigo acreditando que tudo que importa é o hoje. Então eu quero tudo pra hoje. E se não puder ser hoje eu não vou esperar que seja amanhã porque o amanhã não existe. Porque o que eu quero é pra agora. Porque amanhã... amanhã eu não sei.
 (dos transes causados pelo Anderson... relendo)

09/09/2013








Muitas vezes, a reafirmação (de qualquer coisa que seja) serve para convencer mais a nós mesmos que aos outros.

20/09/2013






E cá estou eu a espera
de que tua boca roce em mim
até me fazer calar de palavras...
E me expressar em gemidos.

29/09/2013







Me curei do vício que eu tinha de você com as homeopáticas doses que me ofertou de tudo que há de pior em você.

19/08/2013







Observar o envelhecimento dos outros é atitude de recalcado que, ao olhar pra si mesmo, não suporta a ideia de estar envelhecendo tanto quanto (ou mais que) os que estão a sua volta.

12.08.2012







Sentia falta dele como se me faltasse um dente da frente.
Sentia.
Passou.
Fiz um implante emocional.
Já sorrio com segurança de novo.

12/08/2012







Algumas pessoas jamais deveriam ser conjugadas no passado.
Porque algumas pessoas merecem pelo menos o gerúndio.
Porque para algumas pessoas é quase impossível dizer que elas se foram.
Porque, por algum motivo, elas continuam sendo.

06/08/2013 - ao ler sobre Foucault






Às vezes eu escrevo na primeira pessoa do plural numa tentativa de disfarçar a minha soberba.

30/07/2013





Texto bom é aquele que foi sentido antes de ser escrito.

30/07/2013






Preenchemos o ego com o que há de mais efêmero... E o nosso vazio existencial já é quase um buraco negro...

30/07/2013







Legal, lindo, educado, sensível, fotogênico, simpático, inteligente... mas do prato que me enche de água a boca ele passa até a língua no fundo.

29/07/2013






Todos os dias eu alinho as minhas sobrancelhas. A da esquerda porque seus pelos crescem voltados para baixo. A da direita porque tenho nela uma cicatriz... E lembro que a pessoa que a fez surgir já está morta.

29/07/2013





Já está mais do que na hora de assumirmos os nossos deveres (em muitos sentidos) se quisermos ver garantido o direito de todos. Assim teremos não só a justa remuneração por nossos trabalhos, mas principalmente a justa condição para que eles sejam cumpridos.
21/07/2013






Por medo de dizer 'não' acabamos dizendo um 'sim' negativo, raivoso, vingativo, magoado, irado, arrependido, amargurado, punitivo, que não beneficia nem a nós, que dizemos o 'sim', nem ao outro que o recebeu. Quando não se pode com o pote, não se põe a mão na rodilha (se sabe que não vai conseguir, nem comece).
Quando um tem a cara de pau de te pedir o descabido, tenha sensatez por ambos e diga 'não' antes que você perca a sua paz de espírito. O 'não' foi feito para ser dito a quem não tem o coeficiente de desconfiança em relação ao senso de conveniência (famoso desconfiômetro).


10/07/2013







É preciso viver de modo a estar sempre atento a não se permitir ser peça de jogo entre egos descontroladamente irresponsáveis.

09/07/2013







Eu espero que este período seja de encontros... do tipo que lance meu olhar para o horizonte mais distante... que me impulsione a buscar o novo (nem que seja o renovado)... e me faça esquecer o que de mim não lembra.
Que esse período seja de mudanças, nem que seja só do rumo do vento nos cabelos... nem que seja só da intensidade de luz nas cores... nem que seja só da direção do olhar, nem que seja só no modo de ver.
E que esse novo jeito de enxergar me provoque reparos novos... ainda que eu nem os torne palavras, mas que em minh'alma fiquem escritos.


08/07/2013







Saudade é febre da alma
Que arranca da paz a calma
E faz o corpo penar...


07/07/2013







Promover o bem-estar geral da humanidade é mais complexo do que pode imaginar a nossa terna ingenuidade. Principalmente quando (mesmo que inconscientemente) tudo que queremos é vender a nossa ideia..............................

06/07/2013


Foto








A burrice é uma dádiva
Da qual eu morro de inveja.
Não tendo recebido tal dádiva,
Cá estou eu fadada à infelicidade.
Da alienação de um povo
De cuja dádiva não se liberta.
Burro, porém feliz.
Mas é uma falsa felicidade,
Diria outro tão infeliz quanto eu.
Dane-se! Não importa.
O burro-feliz não conhece outra realidade...


01/07/2013







Você aprisiona um milhão de borboletas no estômago por uma criatura que não mata um mosquito por você...

30/05/2013







Acho que a avó do Erasmo Carlos não tinha autoestima, nem amor-próprio e definitivamente não se dava bem consigo mesma (quanta falta de amor-próprio para preferir estar mal acompanhada do que só).

30/05/2013







Procura-se um cupido míope e usuário de drogas
(louca para matá-lo a flechadas).

25/05/2013







Tenho estado demasiadamente a pensar, a visualizar, a planejar, analisar, calcular...
Creio que necessito urgentemente aumentar os meus níveis de dopamina e serotonina.

22/05/2013







Não, eu não me envergonho de expor o que eu sinto.
O meu amor é behaviorista.
Ele morre se não houver estímulo.
Por isso eu o expresso em toda a sua plenitude enquanto ele ainda existe.
E sempre me dá pena saber que ele irá morrer.
Mas tudo que é vivo morre.

20/05/2013







Eu disse isso ontem?
Então... Já mudei.
Desculpe...
É que tudo em mim está em constante mutação.

20/05/2013







Eu tão carnívora.
Ele tão quaresma...

02/05/2013








A harmonia nossa reside na existência de nossas ambiguidades. Tudo se desenvolve melhor entre luz e sombra. O equilíbrio ocorre entre a tua luz e a tua sombra, ou entre a luz e a sombra daquilo ou de quem está ao seu redor. Porque tudo tem e precisa ter dois lados. Porque apesar de todo o nosso menosprezo pelo nosso lado negativo, nosso maior medo não é que tenhamos apenas ele, o lado obscuro. Nosso maior medo não é que sejamos maus, ou incompetentes, ou inaceitáveis, ou feios, ou pouco atrativos. Nosso maior medo é que sejamos justamente o contrário disso tudo.

30/04/2013







Para ajudar, precisamos receber ajuda. Para dar energia, precisamos ser recarregados. Porque energia não surge do nada. Ela tem um gerador. No caso de duas pessoas, um é o gerador do outro. Se você for o meu gerador de energia, em troca eu serei o seu. Caso contrário, eu vou me consumir. É preciso haver uma troca: eu recarrego (ajudo) você que me recarrega (ajuda) e assim seguimos os dois nos recarregando (ajudando) e ganhando forças (evoluindo). Eu não posso me descarregar completamente (me consumir) por você. Eu só posso te ajudar a crescer se você faz o mesmo por mim.

(28/04/2013).





Há sempre um mínimo de incondicionalidade no amor, não importa por quem o sentimos.

29/04/2013.








Chemistry and Physics: that's what happiness consists.


17/04/2013








Alguém te diz adeus e nem imagina que,
com esse ato,
desintegra completamente o mundo ao seu redor.

14/04/2013









Eu sofro sim!



Tem hora que a lágrima está aqui, ó (dedo mostrando o canto do olho)!



Tem hora que a garganta está assim, ó (mão fechada em punho)!



Tem hora que o timo está assim, ó (dedos, indicador e polegar, pressionados)... quase microscópico!



O peito parece que vai implodir! 



Então eu sofro sim!



Mas eu aguento...




12/04/2013












Não, você não faz ideia do quanto em mim é pesado o ato de viver.



12/04/2013










Toda história de amor é ridícula.
Toda carta de amor é ridícula.
Toda mensagem de amor é ridícula.
Tudo que, enfim, se faz por amor é ridículo,
Aos olhos de quem não sente amor.
11/04/2013









A nossa guerra começou
quando eu percebi que eu entendia de forma certa
as informações erradas que você me dava.

10/04/2013.








Encontrar você foi como tomar uma nova, bela e longa estrada, pela qual eu fui adentrando, me embrenhando sem medo, numa louca expectativa de que ela jamais tivesse fim. Quando você se foi, tudo a minha volta se desintegrou. Agora para onde quer que eu olhe não há nada além de escuridão. E, por mais que eu tente, eu não consigo encontrar o caminho de volta.



09/04/2013











Então tudo que eu quero hoje é chorar.

Tudo que eu quero hoje é me debulhar em lágrimas.

Porque tudo que me resta hoje é lavar a minha surrada alma, cujas feridas estão sangrando muito!

Mas a lágrima não vem...

01/04/2013








Sabe como um leonino troca uma lâmpada?
Ele segura a lâmpada e espera que o mundo gire ao redor dele.
Mas eu não sou o mundo, não.
E também não sou a lâmpada.
Eu sou a luz que você precisa ver dentro da lâmpada.
E o sentimento que te faz querer dançar enquanto o mundo gira.


28/03/2013







Sigo não precisando de alguém que me arranje problemas.
A minha cota deles também segue completamente preenchida.


15/02/2013






É impressionante como ainda temos tanto tempo para perder.


12/02/2013







Viver...
Ou acordar cedo?
Eis a questão...


04/02/2013








Querer tomar as rédeas da própria vida...
E descobrir que em sua própria vida
há outras vidas envolvidas.


31/01/2013







Às vezes o que é bom pra você
é tão somente isso...
Bom pra você.


29/01/2013






Conhece-se tão pouco das coisas deste mundo...


20/01/2013








Não sou eu que me enalteço de modo demasiado.
Nem absolutamente me considero superior a quem quer que seja,
como você costuma mencionar.
É você que, com um total desamor por mim, me considera um zero à esquerda.
Isso faz com que eu inevitavelmente te pareça sempre pretensiosa e arrogante demais.


15/11/2012









Dos desejos irrealizados.
Não sei se são eles aquilo que me mantém viva...
Ou se são eles aquilo que, aos poucos, vai me matando.


15/11/2012








A omissão, em mim, apenas diminui
as possibilidades de interação.
Mas a mentira...
Esta tem sobre mim
Um poder modificador
Com o qual eu nunca saberei lidar.


14/11/2012






Há emoções tão intensas
que, no calor do corpo, evaporam...
Se derramam pelos olhos
E nos lavam a alma.

10/11/2012





O amor é uma droga alucinógena
que te faz ficar vendo oásis
onde só tem deserto.
Passado o efeito,
você descobre que perdeu tempo
emoldurando "telas" falsas
E perfumando merda.


02/11/2012







Cheguei ao ponto de abominar as amarras.
Já não me permito atrelar.
A falta de crenças há muito não me incomoda.
Prescindo a qualquer corrente,
Pois causam-me arrepios os dogmas.
E sufoco ante a qualquer ritual.


26/10/2012








A vida é feita de contradições.
A vida é paradoxal.
Como o ser humano conseguiu inventar a Lógica?
Em meio a tanta incoerência
Meu pragmatismo está com os dias contados...


10/10/12








Os hospícios existem para provar que quem está do lado de fora não é louco.


23/09/2012








Ah, Marx... se você vivesse nesses "televisivos tempos"
teria mudado sua opinião quanto ao que é o ópio do povo...


31/08/2012








Os dias têm sido de reparos...
Tantos que eu nem tenho conseguido torná-los escritos.
21.08.2012







Reler o que eu escrevo


É assistir a meu próprio renascimento.



AGO/2012








Escrevo porque através deste ato eu revivo.
A cada texto escrito
há um novo renascer de minha alma...
Se não escrevo,
eu morro.






Há coisas mais importantes que a necessidade
de estar escanchada sobre um homem.


2012







Passada a fase do surto
por haver tantos livros
e tão pouco tempo para ler,
eis que um surto novo surge
por haver tantos temas
e tão pouco tempo para escrever.
Se por um lado
variam os motivos dos surtos,
por outro lado
permanecem as mesmas as soluções.












As escolas matam mais do que hospitais nesse País.
E muitos na tentativa de me convencer
De que só médicos são responsáveis por vidas!!!!








Se Deus nos deu livre arbítrio e, por isso, não pode interferir em nossas ações, por que afirmamos que a Bíblia foi escrita sob a proteção divina?







Algumas pessoas conseguem, no passado, falar do futuro...
mas, no passado, ninguém as escuta...
assim, no futuro, sofremos as consequências de nossa surdez mental.







Se ser artista e esportista é uma profissão normal, por que será que eu não tenho uma torcida em minha porta todos os dias quando eu vou trabalhar? Ou então, por que eu não sou reconhecida pelo meu suado trabalho? Ou ainda, por que eu não recebo algum prêmio anual por conseguir sobreviver um mês inteiro com um mísero salário? (das injustiças sociais)






Do que me serve o talento se não consigo sobreviver dele?
Alguém já notou que é preciso ter muito dinheiro para viver dignamente nesse mundo?








E foi então que eu lembrei...
e assim cantar foi inevitável...
e também continuar lembrando... 
que eu jamais perdoaria a sua covardia.







Ser solitário
Está intimamente ligado
À quantidade de autorretratos
que você possui.
E a certeza das pessoas
De que eles não foram feitos por você
Só é menor que a sua teimosia
Em não se ver como um solitário.




Somos abomináveis seres cheios de amor-próprio.




Às vezes,
tudo o que temos
são objetos amontoados
e uma solidão orgulhosa de ser intocável.




Só por hoje,
Dispense a mim um amor escrito,
Falado, aos gritos ou aos sussurros...
Porque hoje, a minha fome é de palavras!




Não amo sozinha muito tempo...
Definitivamente, meu amor é behaviorista.



Abaixo a evangelização! Chega da imposição de crenças, dogmas, da lavagem cerebral de que Cristo é o salvador da humanidade! Basta de invadir a cultura alheia e desmerecê-la ou diminuí-la por completo... o mundo não precisa de religião! Precisa de amor, ciência, filosofia, respeito, bom senso e moral.


Tendo por base meus relacionamentos amorosos
nesta encarnação,
eu devo ter sido uma vadia das piores
ou um cafajeste dos grandes
em todas as outras vidas passadas!


É fácil sumir no mundo e dizer que queremos
ter a nossa liberdade respeitada.
Difícil é compreender e respeitar a necessidade
que quem nos ama tem de saber sobre nossas vidas.


Você acredita em Deus, Jesus Cristo, Buda, Corão... ?
Ótimo!
Mas onde está escrito que o mundo precisa saber disso?
Ou que o mundo tenha que tomar para si todos os dogmas seus?
(Tomar como algo particular as suas próprias crenças,
pode não diminuir a sua fé,
mas concorre para não deixar enorme o aborrecimento do outro.
Das desvantagens da imposição religiosa:
seja de que forma for, ainda que de modo sutil.)




O ato de dizer algo mesmo quando nada é dito...
Dos poderes da música...
(E, raras vezes, do silêncio, quando o amor nos cala).


A maravilhosa parte de ajudar às pessoas: não apenas elas, de alguma forma, nos seguem por toda a vida, mas também todo o bem que as fazemos.


Tenta, contudo não consegue caber em outro idioma aquilo que escrevo.
Encanta-lhe tanto meu idioma nativo,
que ele se nega até mesmo a ser Português.
É Brasileiro o que eu escrevo!


Às vezes,
Quando releio,
O que eu escrevo eu amo!


Se a humanidade só existe em decorrência do existir da espécie humana... o que me faz me afastar das partes e amar apenas o todo?


Hoje cá estou eu a amar o silêncio externo... mas quanto barulho há em minha inquieta alma...


É enorme a possibilidade de querermos saltar para fora da alma de alguém ao nos aprofundarmos nela... talvez maior que a possibilidade de querermos continuar o mergulho (Dos riscos de ser sociável).


Talvez eu seja a única pessoa no mundo a associar o toque do telefone (seja móvel ou fixo) à invasão de privacidade, falta de educação ou aborrecimento.


Se eu sou muito grande
para o seu pequeno mundo,
não espere que eu vá
transformar-me em Polegarzinha.


Quanto mais aprendo o idioma alheio, mais eu valorizo o meu... certamente não há idioma mais belo e mais completo que o Português.


Me aborreço com pessoas extremamente simpáticas ou com o sorriso estampado na cara 24 horas por dia. Nem máquinas são tão estáveis!


A ditadura acabou no Brasil nos anos 80?
A escravidão foi abolida no século XIX?
Todo ser humano tem direito a ir e vir?
Temos liberdade de expressão?
Vivemos em uma democracia?
Se você acredita nessas e outras sandices espalhadas por aí, você é um completo imbecil!


Descobri que sou extremamente preconceituosa.


Eu sou geralmente extremista... mas, em algumas circunstâncias, faz bem um meio termo...


A vida é feita de detalhes... pequenas partes que vão formando o todo...


Dar asas a alguém é perder as penas nossas e voar com cada vez mais dificuldade: viver é um morrer constante (Das dificuldades de nos conformarmos com o fato de que algumas pessoas simplesmente não comporão as nossas vidas da forma como gostaríamos).


Jogos amorosos são excitantes no ato de cortejar.
Mas, como tudo na vida, isso também tem um limite.
Saber o momento certo de ir direto ao ponto faz toda a diferença.
Momento esse muitas vezes desconhecido por alguns homens.
Então, quando abandonamos o jogo, eles não entendem por quê.


É... alguns caminhos não têm volta...
Alguns caminhos nem sequer escolhemos.
E, às vezes, aceitar a paisagem,
os seres, as visões e as descobertas impactantes
de algum caminho imposto
é tudo que nos resta.


A melhor forma de enxergarmos uma situação é nos colocarmos longe dela. Às vezes isso se dá também com pessoas...


E o quê para mim vem a ser esta intrigante criatura dita erguida do pó?...


Preguiça Social...
Nenhuma vontade
De manter contato...
Nem do 1º...
Nem do 2º...
Nem do 3º...
De nenhum grau.


Você percebe que nada é definitivo
quando descobre que os seus supostos
"eternos amigos/irmãos",
na verdade, não têm absolutamente
nada a ver com você...



Sem comentários:

Enviar um comentário

Grata por registrar sua visita.